Desintermediação: a tendência que faz Uber, Netflix, Nubank e outras empresas desafiarem gigantes do mercado

A desintermediação aproxima a empresa do consumidor sem precisar de intermediários, o que aumenta sua competitividade. Quer entender mais? Leia este artigo!

Desintermediação: a tendência que faz Uber, Netflix, Nubank e outras empresas desafiarem gigantes do mercado

Você já ouviu falar de Desintermediação? Ela ocorre quando uma empresa consegue se tornar próxima do cliente final sem precisar de intermediários. Essa tendência tem sido cada vez mais utilizada nas empresas modernas, e reflete a forma como as pessoas querem consumir produtos e serviços.

Ter mais controle sobre os processos de compra, por exemplo, é parte importante da experiência do cliente e proporciona satisfação. O relacionamento mais próximo também inspira confiança e credibilidade, o que aumenta a competitividade.

A empresa se torna ainda mais relevante para o cliente, que não precisa perder tempo com processos intrincados e burocracias.

Contextualizando a Desintermediação

Você deve estar se perguntando se a desintermediação é eficiente e não mais uma prática adotada para a empresa parecer “inovadora” e interessante aos olhos de um público cada vez mais exigente.

Se você olhar agora na tela do seu celular, provavelmente, verá aplicativos para solicitar facilmente um carro ou pedir seu almoço. Quando estiver de férias ou tiver alguns dias a mais de folga poderá encontrar um local incrível e com um preço acessível para desfrutar deste descanso.

Para ficar ainda mais claro, você pode entender a desintermediação como a “uberização” da qual tanto se fala! Por isso, você usa o Uber (ou 99 ou Cabify) para se deslocar pela cidade e o iFood quando quer comprar sua comida.

Chegando em casa, você ligará seu televisor do tipo “smart”. Ou irá ativar seu computador para assistir alguma série em um serviço de streaming (Netflix ou Amazon Prime).

Depois de terminar seu jantar, decide planejar sua viagem e visita o Airbnb. Em pouco tempo você encontra o quarto perfeito em uma cidade paradisíaca onde passará um tempo sozinho, com amigos ou familiares.

O controle da sua vida está em suas mãos (literalmente) e você decide tudo com alguns cliques ou toques dos seus dedos.

Razões para adotar a desintermediação

Agora que você percebeu o quanto está inserido em um ambiente onde a desintermediação é realidade, quer saber porque implementar na sua empresa?

Conquistar mais lucros, aproximar-se do cliente, mostrar ao mercado que seu negócio é disruptivo e antenado com as últimas tendências são importantes benefícios que fortalecem marcas.

A empresa passa a mostrar que está realmente interessada em seu público-alvo e que cada consumidor não é apenas mais um número.

Contudo há três motivos importantes para você levar em consideração e se decidir em apostar na desintermediação. Confira a seguir!

1. Atende a necessidade de ser único

Ser único, ter exclusividade, passar na frente da fila e ter um atendimento rapidez e eficiente são mais que simples desejos.

De acordo com a Teoria das Necessidades (ou Pirâmide de Maslow) – desenvolvida pelo psicólogo norte-americano Abraham Maslow no século 20 -, as pessoas precisam resolver algumas deficiências.

O teórico organizou, em forma de pirâmide, um conjunto de condições importantes para as pessoas ficarem satisfeitas.  Por isso, um diálogo direto com o consumidor facilita a manutenção do contato e diminui os custos da aquisição de clientes.

2. Rompe com o habitual

O mundo está sempre mudando e esta é uma expressão tão clichê quanto real. O fato é que a empresa não pode trabalhar com a abordagem de sempre para se manter competitiva.

O pensamento disruptivo, aquele que rompe bruscamente barreiras, consegue desestabilizar a concorrência e, no caso da desintermediação, aproximar os clientes. Um intermediário nessa dinâmica se torna dispensável e obsoleto. O que abre um campo enorme de possibilidades para surpreender seus clientes.

3. Facilita o acesso ao produto ou serviço

A valorização da experiência do cliente é um diferencial competitivo e deve ser perseguido pelas organizações. É muito importante que o consumidor sinta o contentamento de adquirir seu produto ou serviço.

Dessa forma, torna-se um promotor da sua marca. E o melhor: espalha o quanto ficou feliz em gastar dinheiro comprando de sua empresa.

Neste cenário, por que complicar algo que pode ser feito de modo simples e objetivo? Facilite o acesso e deixe os intermediários de lado! A desintermediação é a resposta para transformar as relações comerciais e trazer o ânimo que faltava ao seu time. Afinal, o protagonista do seu negócio precisa ser o consumidor não o que você está vendendo.

A experiência do cliente faz parte da estratégia. Ela deve ser levada em consideração em todas as etapas do processo de venda. Assim, a desintermediação é uma ferramenta indispensável. Com isso, a empresa consegue manter uma presença direta e marcante na vida do consumidor final. O objetivo é atender ao imediatismo vigente em nosso cotidiano.

O que você achou deste tema? Gostaria de saber mais sobre a desintermediação? Assine nossa newsletter para receber conteúdos como este!

Escrever uma resposta ou comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Junte-se a nossa comunidade e saiba como promover a Transformação Digital em sua empresa.

Inscreva-se na nossa newsletter e tenha acesso a conteúdos exclusivos que vão revolucionar a sua empresa!

Seta