Digital Workplace e Service Desk: como essa tendência influencia nos resultados dos negócios

Digital Workplace e Service Desk: como essa tendência influencia nos resultados dos negócios

Com os limites entre vida pessoal e profissional cada vez menores, o espaço de trabalho tem se tornado verdadeiramente digital.  Ou seja, os funcionários estão se comunicando e colaborando por meio de ferramentas totalmente ou parcialmente digitais. Trata-se de uma tendência mundial, chamada Digital Workplace, ou ‘local de trabalho digital’.

Ela traz importantes mudanças na cultura da empresa e no comportamento do colaborador. O compartilhamento de conhecimento e de informações fica mais facilitado. E toda a organização se torna um espaço de trabalho menos tradicional e mais inovador.

No digital workplace, integram-se ferramentas digitais como email, apps de mensagens, redes sociais corporativas e softwares para reunião virtual. E o local de trabalho digital quebra barreiras de comunicação e se transforma a experiência do colaborador. Pode não parecer, mas essa tendência proporciona mais eficiência, engajamento e aumento da produtividade.

Migrar para ela não é tão simples. Uma boa saída é a implementação efetiva de iniciativas capazes de promover uma verdadeira mudança cultural interna da empresa. Neste texto você vai conhecer mais sobre o conceito de Digital Workplace. E o melhor: vai saber como ele influencia o engajamento dos funcionários. Descubra também porque ele é considerado uma tendência de Service Desk.

Digital Workplace: o que é e como funciona

Com a Transformação Digital e o uso crescente de novas tecnologias, a natureza do trabalho foi diretamente afetada. A vida pessoal e profissional se aproximaram de tal maneira que separá-las se tornou uma tarefa praticamente impossível. Diante disso, o Gartner indicou o uso de um novo conceito que se encaixa perfeitamente nessa nova era do trabalho: o Digital Workplace.

De acordo com a líder mundial de pesquisa e consultoria de negócios, o espaço de trabalho digital é uma estratégia capaz de ajudar as empresas a aumentar o engajamento e a produtividade dos colaboradores. Ele é caracterizado por um ambiente que contempla os mesmos princípios e ferramentas utilizadas no relacionamento e atendimento aos consumidores.

Para avaliar a realidade da digitalização do espaço de trabalho, o Gartner realizou em 2015 uma pesquisa com 2.000 profissionais nos EUA, Reino Unido, França e Alemanha. O objetivo foi entender quais eram as tendências voltadas para o local de trabalho. Além de identificar como os colaboradores se sentiam em relação aos espaços em que estavam inseridos.

Para isso, o estudo se concentrou em analisar o uso de dispositivos e aplicações utilizados pelos trabalhadores em suas vidas pessoais para fins de trabalho. Ele também observou as percepções em relação aos planos das organizações para os seus locais de trabalho e os sentimentos, comportamentos e preferências dos colaboradores dentro das organizações.

Impacto do Digital Workplace

O resultado mostrou como os ambientes corporativos são vistos pelos funcionários. 63% dos entrevistados indicaram que estavam completamente satisfeitos com os dispositivos e aplicativos utilizados para fins pessoais. Enquanto 46% indicaram satisfação com os dispositivos e aplicativos usados no trabalho.

Esses números mostram que, claramente, não há uma sincronia entre o comportamento digital na vida pessoal e profissional dos funcionários. Em suas vidas pessoais, os colaboradores possuem experiência satisfatória no uso de inúmeras ferramentas em dispositivos variados. Isso estimula a flexibilidade e o uso contínuo das aplicações. Já, nos espaços de trabalho, a maioria dos aplicativos corporativos possui uma abordagem orientada a processos e não na usabilidade. O que desestimula o uso contínuo.

Assim, se torna evidente que os profissionais desejam poder ter no espaço de trabalho a mesma experiência que possuem fora do ambiente organizacional.

Desafios

Um dos maiores desafios das empresas é promover o equilíbrio para que o local de trabalho seja flexível e seguro em relação aos dados e informações dos negócios. Para isso, vale pensar na implementação de soluções baseadas em Cloud Computing. Elas podem contribuir de forma efetiva para que uma estratégia de Digital Workplace seja bem sucedida. Pois,  permitem o uso seguro de vários aplicativos e dispositivos com máxima produtividade independente da localidade.

Mas como fazer com que essa implementação do espaço de trabalho digital seja suportada pelo Service Desk? É o que vamos descobrir a seguir.

Digital Workplace como tendência de Service Desk

Ao proporcionar dentro do mundo corporativo as mesmas experiências que são comuns na vida pessoal, as empresas conseguem aproximar mais seus funcionários. Além de incentivá-los a ser mais produtivos e engajados.

Para isso, é necessário um ambiente mais descontraído, flexível e disponível. Ele deve permitir que todos possam utilizar ferramentas e dispositivos comumente usados fora do espaço de trabalho.

Por outro lado, a modernização da cultura organizacional a partir do Digital Workplace exige outro componente muito importante: o Service Desk. Afinal, ele que é responsável pelo pleno funcionamento de todos os componentes de tecnologia dentro das empresas.

Considerado o suporte técnico que é oferecido aos funcionários, ele precisa estar preparado para este novo momento mais digital, afinal, o ambiente de tecnologia agora passa a lidar com ferramentas, dispositivos, softwares e sistemas operacionais trazidos pelos próprios colaboradores e que até então não eram comuns dentro da organização.

Como preparar o Service Desk para o Digital Workplace

E a melhor forma de se preparar para este momento é desenvolvendo um Service Desk capaz de suprir as necessidades de um espaço de trabalho menos tradicional. Nesse sentido, o Intuitive Service Desk (ISD), criado pela Algar Tech, oferece de forma eficaz o suporte ideal para as tendências de tecnologia comuns à essa nova realidade e que serão introduzidas na corporação, como por exemplo, serviços baseados em automação e analytics.

O ISD, considerado o 1º Service Desk Intuitivo do país, é uma solução inteligente. Ele impulsiona a atuação proativa e garante a disponibilidade dos processos de negócios suportados por ambientes de tecnologia. Por meio de análises preditivas, essa evolução do tradicional Service Desk reduz o impacto na operação. E mais: eleva a produtividade dos funcionários, aumentando a eficiência operacional e transformando a experiência dos usuários de TI.

Entre as principais necessidades atendidas pelo ISD e que vão de encontro com a implementação do Digital Workplace estão:

  1. A combinação de serviços tradicionais de usuários finais (service desk, dispositivos móveis e desktop) com recursos digitais no local de trabalho (automação, assistentes pessoais virtuais e ferramentas de colaboração em nuvem).
  2. Adoção de novas tecnologias que promovem mudanças nos serviços de suporte ao usuário final, introduzindo uma nova geração de serviços baseados em automação, autoatendimento e analytics.
  3. Evolução dos serviços centrados em tecnologia para serviços centrados no espaço de trabalho, que se encontra cada vez mais flexível, inteligente e conectado.

Um digital workplace pode ser determinante na sobrevivência da organização em um mundo marcado pela digitalização dos negócios.

O Service Desk da sua empresa está preparado para a era dos negócios em que o Digital Workplace faz a diferença?

Escrever uma resposta ou comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Junte-se a nossa comunidade e saiba como promover a Transformação Digital em sua empresa.

Inscreva-se na nossa newsletter e tenha acesso a conteúdos exclusivos que vão revolucionar a sua empresa!

Seta