Conhecendo o Câncer de Mama e aprendendo a prevenir

Conhecendo o Câncer de Mama e aprendendo a prevenir

Conhecendo o Câncer de Mama e aprendendo a prevenir

No mês de combate ao Câncer de Mama a Algar Tech está promovendo ações e campanhas com o objetivo de ajudar a conscientizar nossos techers, seus familiares e a comunidade a respeito da prevenção do câncer de mama, reforçando os comportamentos preventivos para um diagnóstico cada vez mais precoce. O artigo “Conhecendo o Câncer de Mama e aprendendo a prevenir” é uma das nossas iniciativas e nos próximos parágrafos você deve ler mais sobre a doença e como se prevenir. 

Vale a pena reforçar que neste mês de outubro/2022, como incentivo ao cuidado com a saúde da mulher, nossos associados possuem isenção de coparticipação em exames de mamografia e papanicolau. E aí, já agendou o seu?

Conhecendo o Câncer de Mama

Você sabia que o câncer de mama é o mais incidente em mulheres no mundo? São aproximadamente 2,3 milhões de casos novos estimados apenas em 2020. O número representa 24,5% dos casos novos por câncer em mulheres. Além disso, essa é a causa mais frequente de morte por câncer nessa população, com 684.996 óbitos estimados para esse ano (IARC, 2020). Daí a importância de aprendermos mais sobre o tema.

Começando pelos sintomas, o mais comum é o aparecimento de nódulo, geralmente indolor, duro e irregular. Mas, também existem tumores de consistência branda, globosos e bem definidos. Outros sinais de câncer de mama são edema cutâneo semelhante à casca de laranja; retração cutânea; dor, inversão do mamilo, hiperemia, descamação ou ulceração do mamilo; e secreção papilar, especialmente quando é unilateral e espontânea. A secreção associada ao câncer geralmente é transparente, podendo ser rosada ou avermelhada devido à presença de glóbulos vermelhos. Podem também surgir linfonodos palpáveis na axila.

Curiosidade 

No homem, o câncer de mama é uma doença incomum, mas não é impossível de ocorrer. Os casos masculinos da doença representam de 0,5 a 1% de todos os casos de câncer de mama. E representam menos de 0,5% de todos os cânceres no sexo masculino. Mas por menor que seja a incidência, também é importante ficarmos atentos aos sintomas. 

Fatores de risco

O câncer de mama não tem uma causa única. Diversos fatores estão relacionados ao aumento ou à redução do risco de desenvolver a doença, abaixo citamos  alguns dos principais.

  • Tabagismo
  • Uso de hormônios
  • Obesidade 
  • Alcoolismo
  • Idade
  • Genética
  • Estilo de vida

Como sabemos, as causas dessa doença não são precisas. Por isso, é importante tentar manter um estilo de vida saudável e equilibrado, com visitas regulares aos profissionais de saúde para acompanhamento e prevenção das doenças. 

Prevenção

Para falar em prevenção, começamos pelo controle dos fatores de risco conhecidos e com a promoção de práticas e comportamentos considerados protetores.

Os fatores hereditários e os associados ao ciclo reprodutivo da mulher não são, em sua maioria, modificáveis, porém, fatores como o excesso de peso corporal, inatividade física, consumo de álcool e terapia de reposição hormonal, são, geralmente, passíveis de mudança.

Assim, por meio da alimentação, nutrição, atividade física e gordura corporal adequados é possível reduzir o risco de a mulher desenvolver câncer de mama. Além disso, evitar ou reduzir o consumo de bebidas alcoólicas ajuda na prevenção. Amamentar é também um fator protetor.

Importância do Diagnóstico Precoce

O diagnóstico precoce é especialmente importante em contextos de apresentação avançada do câncer de mama.

A orientação médica é que a mulher observe e palpe suas mamas sempre que se sentir confortável para tal (seja no banho, no momento da troca de roupa ou em outra situação do cotidiano), sem necessidade de aprender um técnica de autoexame ou de seguir uma periodicidade regular e fixa, valorizando a descoberta casual de pequenas alterações mamárias suspeitas. 

Também é de suma importância que a mulher procure esclarecimento médico, em qualquer idade, sempre que perceber alguma alteração suspeita em suas mamas. 

Após diagnóstico, as modalidades de tratamento do câncer de mama podem ser divididas em:

  • Tratamento local: cirurgia e radioterapia (além de reconstrução mamária) 
  • Tratamento sistêmico: quimioterapia, hormonioterapia e terapia biológica

Acreditamos que com um maior acesso à informação, nossa gente poderá cuidar melhor da própria saúde e ter mais qualidade de vida. Por isso, além de proporcionar benefícios como Planos de Saúde, Gympass e Psicologia Viva aos nossos associados, também investimos em campanhas para conscientização.  O artigo “Conhecendo o Câncer de Mama e aprendendo a prevenir” faz parte dessas iniciativas, e você também pode ser um importante agente na disseminação dessas informações. Compartilhe este conteúdo para que outras pessoas também possam aprender a se prevenir. 

 

 

Este texto foi construído com apoio das informações disponibilizadas pelo INCA – Instituto Nacional de Câncer. Para saber mais, acesse o site oficial.  

 

Leia também Dicas de saúde mental pra você levar pra vida

Escrever uma resposta ou comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Junte-se a nossa comunidade e saiba como promover a Transformação Digital em sua empresa.

Inscreva-se na nossa newsletter e tenha acesso a conteúdos exclusivos que vão revolucionar a sua empresa!

Seta